domingo, 9 de novembro de 2008


Depois de tempos sem escrever nada
Me dou a oportunidade de viajar através das palavras
Já é madrugada e eu aqui imaginando como seria estar ao seu lado agora
As poucas luzes lá fora acolhem a neblina intensa me impedindo de ver mais detalhes
do casal sentado no banco do outro lado da rua
Por um instante fecho os olhos e sinto medo de ficar sozinha pelo resto da vida
Por mais que eu tente lhes dizer o quanto desejo ser querida, realmente amada...
sei que é impossível....
O mundo vivo e eu outra vez parada no tempo...
Tentando curar as feridas que a vida causou, alias ,
as feridas que eu deixei que ela me fizesse
Longe de mim ser Poetisa , usar palavras bonitas e tudo isso pra que?
Pra deixar meus textos”com cara de inteligente”, não vale a pena!
Escrevo o que sinto sem ligar se tem coerência, se está gramaticalmente correto!
Escrevo de forma simples!!!
Um pedaço de mim é solidão e o outro é desejo..
Entre conversas sem nexo no MSN e musicas loucas ,
vai passando minha noite, enqto akele casal do banco lá fora
sai de mãos dadas em direção ao ponto final da rua
Fico pensando, se o sentimento “Amor”
realmente existe, não devo eu ser digna de conhece-lo em sua plenitude!!!!
Sou aquela pessoa que a maioria procura para desabafar,
,que ajuda, a cupido, a amiga msm! E no fim, acabo na frente de uma tela de computador ,
transcrevendo meus sentimentos , apenas isso!!

Roberta Seoane e Silva em 09/11/08 as 03: 28am



Um comentário:

janinha_2004_13 disse...

Amei lindo
Como sempre tu arrasa no q escreve ne?
Bjs AmooO