segunda-feira, 31 de agosto de 2009


"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue"

(Um sopro de vida- Clarice Lispector)

domingo, 30 de agosto de 2009


Fênix

Como se chama o que renasce das cinzas?
A mitologia nos apresenta uma ave fabulosa
que durava muitos séculos e, queimada,
renascia das próprias cinzas.
Há variações que acrescentam que,
além do renascer, essa ave tinha
a capacidade de pressentir o cheiro de um
fim, e ia ao seu encontro, jogando-se
contra o fogo para que se cumprisse
o seu destino.

Fênix é o nome da ave.

E humanamente, como chamamos quem
renasce de si?

Como chamamos quem pressente o cheiro
de um fim e se lança mortalmente ao encontro
deste com bravura, dor, coragem, medo, tristeza, lamento, altivez, tontura,
com toda sua bagagem, ao encontro do que lhe espera,
porque o sabe inevitável e ao inevitável não se pode fugir?

Como chamamos quem sobrevive a si
para ensinar aos outros que é
possível renascer?

Como chamamos quem exerce amor
como prática de vida e morrendo em sua
sina revive porque o semelhante precisa
dessa ressurreição?

Como chamamos quem expõe suas dores,
seus medos, seus temores, com naturalidade
e sabedoria contumaz porque é assim que tem
que ser ?

Não sei.

E a Fênix pousou sobre meu inconsciente.

É que nesse mundo,
meu feito mais constante é o de observar.

Do que vejo e sinto, escrevo.

Mas por agora, me perdoe,
não sei denominar.

Não sei nem mesmo como chamar
esse estado que se adquire,
essa capacidade, não de sobreviver
às intempéries, mas de renascer da
morte dos próprios sonhos.

Mas sei que é possível.

E vejo Fênix sobrevoando o mundo
do renascer.

A fábula e a vida real dançando juntas.
A primeira é a mestra, a segunda a aluna.

E assim como a ave mitológica que tenta
ensinar a recolher o pó da combustão de
nossas substâncias essenciais porque será dele
que virá a nova vida, precisamos ir ao nosso encontro.

Precisamos virar a esquina do pesadelo
com a consciência clara de que de nossas
cinzas nos faremos vida e de novo sonho.

Não sei como chamar quem renasce das
próprias dores e do próprio fim.

E renasce sempre melhor e mais belo.

Mas tenho cá comigo a intuição de que
se chama GENTE.

E é com essa GENTE que eu quero
aprender a viver.

♥♥♥

Créditos:
Texto recebido por email, por um amigo querido do interior de Sampa
Dani, obrigada pelo carinho sempre.. é bom ter vc na minha vida!!
Imagem : da web



Em tempos de tantas mulheres posando nuas.
Talvez a verdadeira excitação esteja hoje em ver uma mulher
se despir de verdade - emocionalmente.
Nudez pode ter um significado diferente.
Muito mais intenso é assistir a uma mulher desabotoar
suas fantasias, suas dores, sua história.
É erótico ver uma mulher que sorri, que chora, que vacila,
que fica linda sendo sincera, que fica uma delícia sendo divertida,
que deixa qualquer um maluco sendo inteligente.
Uma mulher que diz o que pensa, o que sente e o que pretende,
sem meias-verdades, sem esconder seus pequenos defeitos.
Não é fácil tirar a roupa e ficar pendurada numa banca de jornal,
mas, difícil por difícil, também é complicado abrir mão de pudores verbais,
expor seus segredos e insanidades, revelar seu interior...
Entretanto:
*Não conheço strip-tease mais sedutor*
(Martha Medeiros)



sexta-feira, 28 de agosto de 2009



Sonho meu...

"Só me acorde quando seu amor despertar
Do contrário, me deixe sonhar,
Por enquanto guarde suas verdades
Deixa como está
Gosto do seu jeito,
mesmo desajeitado de me gostar
Prefiro assim...
Dói menos."

(Patti Vicensotti)

"Colorir os pensamentos
Colorir os sentimentos
Com a cor da alegria
Com a cor da bondade
Com a cor de um sorriso
Com a cor da amizade
Seja solidário
Não pense só em você
Não são as tuas dores as maiores
Nem as tuas lágrimas as únicas
Olhe em sua volta...
Pinte a dor , com as cores do amor..."

(Clicia Pavan)


"Tanto tempo a procurar por respostas
Remoendo o que não era pra ser
É engraçado quanto tempo
a gente perde de viver
Pra que?
Se tudo lá fora é tão grande
O bom mesmo é aquilo que chega.
sem a gente buscar
Naquele olhar...
Que faz com que a gente crie asas!
E tão bom é voar, sonhar
O melhor da vida acontece
Quando deixamos de esperar"

(Patti Vicensotti)




terça-feira, 25 de agosto de 2009


Música de Hoje:O Nosso Amor A Gente Inventa
Interprete: Cazuza
Composição: Cazuza / João Rebouças / Rogério Meanda

Fonte: Site Vagalume
Imagem: Internet

O teu amor é uma mentira
Que a minha vaidade quer
E o meu, poesia de cego
Você não pode ver

Não pode ver que no meu mundo
Um troço qualquer morreu
Num corte lento e profundo
Entre você e eu

O nosso amor a gente inventa
Pra se distrair
E quando acaba a gente pensa
Que ele nunca existiu

O nosso amor
A gente inventa
Inventa
O nosso amor
A gente inventa

Te ver não é mais tão bacana
Quanto a semana passada
Você nem arrumou a cama
Parece que fugiu de casa

Mas ficou tudo fora de lugar
Café sem açúcar, dança sem par
Você podia ao menos me contar
Uma história romântica

O nosso amor a gente inventa
Pra se distrair
E quando acaba a gente pensa
Que ele nunca existiu

O nosso amor
A gente inventa
Inventa
O nosso amor
A gente inventa

♥♥♥

Se todos os amores fossem inventados e verdadeiramente
descartáveis seria melhor,
pois não sofreríamos tanto e a sensação de derrota
seria apenas um pesadelo!!!
Inventei uma linda história, enjoei dela... virei a página e pronto!
Sem marcas, nem coisas tristes para contar...
Quem dera fosse msm assim...
Mera diversão, sem nenhum comprometimento emocional!!!
As vezes desejo ser máquina,movida
apenas por mecanismos eletronicos e nada mais!

Roberta Seoane e Silva em 25/08/09 as 21:38h


segunda-feira, 24 de agosto de 2009


Me basta por hoje

Entre silêncios gritantes e berros mudos!!

Me perco em mim mesma!


video



"Deixe suas esperanças

e não seus ferimentos moldarem seu futuro"


(Robert. H.Schiiller)




sexta-feira, 21 de agosto de 2009

"O amor é um modo
de viver e de sentir.
É um ponto de vista
um pouco mais elevado,
um pouco mais largo;
nele descobrimos o
infinito e horizontes sem limites."

(Gustave Flaubert)
♥♥♥

Em silêncio hj e por um bom tempo...
Ateh me refazer como ser humano...
E cada coisa enfim tomar o seu lugar

domingo, 16 de agosto de 2009


" O mundo dá voltas e não importa o que você faça...
Tudo uma hora toma o seu lugar
fazendo com que as marcas criadas sejam apenas lembranças tristes..."

Roberta em 13/08/09 as 19:15h

"...E de todas as cores que tive o prazer de ver nesta vida,
a que me mostrou foi a mais bela...
Dos passos que dei os que vc esteve ao meu lado
foram os mais seguros!
Dos sonhos, a realidade foi a melhor coisa que já me aconteceu...
Hj sigo só nesta estrada, mas tenho a ctz que nada foi em vão"

Roberta em 14/08/09 as 19:43h!
OPS ...
Hora da correção básica...
Postei um texto aqui dando os créditos ao Grande Miguel Falabella ,
porém meu querido amigo JC, me corrigiu (de uma maneira tão gentil) que me senti na obrigação de me redimir
O texto tem como autora na realidade,
Martha Medeiros e se chama:

A dor que mais dói!!!
Desculpem a minha falha !!


sábado, 15 de agosto de 2009





"Abraçar...
É encostar o coração no outro."
(Rita Apoena)

quinta-feira, 13 de agosto de 2009


*Texto do Miguel Falabella publicado no jornal O Globo *



Trancar o dedo numa porta dói.

Bater com o queixo no chão dói.

Torcer o tornozelo dói.

Um tapa, um soco, um pontapé, doem.

Dói bater a cabeça na quina da mesa,

Dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim.

Mas o que mais dói é a saudade.

Saudade de um irmão que mora longe.

Saudade de uma cachoeira da infância.

Saudade de um filho que estuda fora.

Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais.

Saudade do pai que morreu, do amigo imaginário que nunca existiu.

Saudade de uma cidade.

Saudade da gente mesmo, que o tempo não perdoa.

Doem essas saudades todas.

Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama.

Saudade da pele, do cheiro, dos beijos.

Saudade da presença, e até da ausência consentida.

Você podia ficar na sala e ela no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá.

Você podia ir para o dentista e ela para a faculdade, mas sabiam-se onde.

Você podia ficar o dia sem vê-la, ela o dia sem vê-lo, mas sabiam-se amanhã.

Contudo, quando o amor de um acaba, ou torna-se menor,

Ou quando alguém ou algo não deixa que esse amor siga,

Ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é basicamente não saber.

Não saber mais se ela continua fungando num ambiente mais frio.

Não saber se ele continua sem fazer a barba por causa daquela alergia.

Não saber se ela ainda usa aquela saia.

Não saber se ele foi na consulta com o dermatologista como prometeu.

Não saber se ela tem comido bem por causa daquela mania de estar sempre ocupada;



se ele tem assistido às aulas de inglês,

se aprendeu a entrar na Internet e encontrar a página do Diário Oficial;

se ela aprendeu a estacionar entre dois carros;

se ele continua preferindo Malzebier;

se ela continua preferindo suco;

se ele continua sorrindo com aqueles olhinhos apertados;

se ela continua dançando daquele jeitinho enlouquecedor;

se ele continua cantando tão bem;

se ela continua detestando o MC Donald's;

se ele continua amando;

se ela continua a chorar até nas comédias.

Saudade é não saber mesmo!

Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos;

não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento;

não saber como frear as lágrimas diante de uma música;

não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber se ela está com outro, e ao mesmo tempo querer.

É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo perguntar a todos os amigos por isso...

É não querer saber se ele está mais magro, se ela está mais bela.

Saudade é nunca mais saber de quem se ama, e ainda assim doer;

Saudade é isso que senti enquanto estive escrevendo e o que você,
provavelmente, está sentindo agora depois que acabou de ler...


sinto isso a todo instante por você... SAUDADES E MAIS SAUDADES...




.

terça-feira, 11 de agosto de 2009


"Levante os olhos,
ria com vontade,
faça grandes projetos,
acenda a cor em seu rosto
e o fogo em seus olhos, vista-se bem,
cuide de sua saúde, mantenha sua beleza
e não renuncie aos seus instintos mais profundos."
(Willian Hazlitt)

Não somos apenas o que pensamos ser.
Somos mais; somos também, o que lembramos
e aquilo de que nos esquecemos;
somos as palavras que trocamos,
os enganos que cometemos,
os impulsos a que cedemos,“sem querer“.
(Sigmund Freud)

"Se queres prolongar o amor
não permitas que a desconfiança
te domine em relação à pessoa amada."
(Ovídio)

Ou seja: se não nos basta
Ouvir uma única vez o barulho do mar,
Se nunca enjoamos do pôr-do-sol,
Porque o “eu te amo”
Teria que ser uma raridade em nossas vidas?

segunda-feira, 10 de agosto de 2009



Tudo aconteceu tão rápido e hoje apesar do mundo está contra mim

Não consigo parar de pensar em você

Pequei em deixar que pessoas soubessem demais sobre nossa vida

Mas quem iria duvidar de alguém que sempre se mostrou tão atenciosa,
tão encantada com o nosso amor? Acho que ninguém

Não sou um monstro abominável, não tenho nenhuma doença contagiosa
e meu único defeito foi confiar em quem não devia!

Façam comigo, mas não façam com quem eu amo,
porque ai o bicho realmente pega,
podiam me jogar no chão, me matar,
podiam fazer comigo o que bem entendessem,
porém não tinham o direito de destruir
aquilo que você tem de melhor: o sentimento!

Meu Deus é justo e terei o que mereço....

Deixo a poeira desaparecer, tendo como conselheira a noite fria

Inveja.... é o que move a vida de algumas pessoas!!!

Infelizmente...

Com o coração do tamanho de um grão de areia,
me despeço hoje , pedindo força a Deus
e esperando humildemente ser atendida!!!



Roberta Seoane e Silva em 09/08/09 as 23:50h

sábado, 8 de agosto de 2009



"Se eu pudesse (d)escrever as horas dos meus dias, saberias
de mim aquilo que não digo. Tudo o que nem as palavras que
ouves te dizem porque a verdade completa fica comigo.
As minhas horas formam uma cadeia quase sem surpresas,
repleta de atos, de obrigações, das alegrias e tristezas
de uma existência comum. Dizer-te que, quando as horas
me trazem a tua lembrança, o dia muda a cor e algo canta
em mim melodias inesperadas, é, talvez, dizer-te de mais.
Ficarias a saber segredos meus, em cada canção está um guardado.
Terás que adivinhar os segredos das minhas horas. Das muitas horas
da minha vida. Neles está a chave para o conhecimento de mim. E quando
me souberes totalmente, podes partir porque já levas contigo a eternidade do amor."

(Aline Daniel)


Música do Dia: Meu Segredo
Composição: Ramon Cruz
Interprete: Ivete Sangalo
Fonte: Vagalume

Só um beijo vai calar
Esse coração...
Que insiste em dizer não
E me faz amanhecer... sozinho,
Sem o teu carinho amor
Vem me buscar...

Só o tempo irá dizer,
Se é mesmo a razão,
Quem vai falar mais alto,
Ou será que vou te ter... mais cedo
Você já sabe o Meu Segredo
Para sempre vou te amar...

Se você voltar,
Tudo vai valer,
Você pode até duvidar,
Mas seja como for,
Não tem como esse amor morrer.
Ohh, Ohh...

Só o tempo irá dizer,
Se é mesmo a razão,
Quem vai falar mais alto,
Será que vou te ter... mais cedo
Você já sabe o Meu Segredo
Para sempre vou te amar...ah aha...

Se você voltar,
Tudo vai valer,
Você pode até duvidar,
Mas seja como for,
Não tem como esse amor morrer...é...






terça-feira, 4 de agosto de 2009

Mais uma vez...
me passaram uma rasteira,
tenho certeza absoluta que isso aconteceu...
Não cito nomes pq isso não é necessário,
mas em um circulo onde o amor causa inveja,
as pessoas são capazes de distorcer ,
inventar e mentir tudo em causa própria !!
Toda vez que acho que nada me derruba usam e abusam
das minhas palavras
e acabam com o que tinha de mais precioso dps de séculos ... de luto !!
Sem saber do que me defender,
eu apenas tento em vão fazer a peça chave deste kebra-cabeça
me ouvir e em troca recebo a indiferença,
a grosseria e um fantasma
daqueles que eu pensava so existir nos contos com finais tristes!!!!!
Não durmo desde sabado remoendo essa história,
enfrentei tdo pra nada... que engraçado neh?
Foi sempre assim, acho que tenho alguma doença contagiosa
jah que as pessoas tomam a decisão ,
seguem a vida e apenas me comunicam e fazem da indiferença
uma eterna parede entre nós!!!
Meu principe virou sapo... e não vejo como beija-lo para reverter o feitiço!
Tou exausta de tudo isso!!
Existem coisas que gostaria de dizer , porém seria em vão!!!!
Estou no chão....
Aplausos para os arquitetos desta teia de aranha do malz!!
(Roberta em 04/08/09 as 22:00h)

sábado, 1 de agosto de 2009


Me encontro caindo em um abismo com tamanha velocidade,
que meu grito não passa de um zumbido baixo!
Acreditar já não vale a pena!!